Picos(PI), 20 de Outubro de 2018

Geral
EXCESSO
Delegado Jonatas denuncia sobrecarga de trabalho para os servidores da Polícia Civil
Postado em 17/05/2018 por Jailson Dias
No momento há apenas um delegado para a Central de Flagrantes
Tamanho da fonte A A
De legado Jonatas Brasil
Foto: Jailson Dias

A Polícia Civil de Picos vive momentos de dificuldade, mas não é por causa da greve dos agentes e escrivães iniciada em 03 de abril. O problema é a falta de estrutura e de efetivo para os policiais, algo historicamente comum na cidade. Em entrevista ao Folha Atual o delegado regional Jonatas Brasil desabafou. Ele disse que a situação é muito difícil para os profissionais da segurança, que estão sobrecarregados.

“Pra começar a ficar ruim, porque tá péssimo, precisaria de pelo menos mais três delegados para a Central de Flagrantes, porque para ela funcionar de forma regular teria de ter quatro equipes, porque a escala é: trabalha um dia e folga três dias”, comentou.

No momento há apenas um delegado para a Central de Flagrantes, os demais delegados responsáveis por receber as denúncias e dar seguimento às investigações dos distritos pelos quais respondem, também são obrigados a receber as denúncias que chegam até a central.

No total a Polícia Civil de Picos conta com apenas quatro delegados para o expediente normal, e um exclusivo para a Central de Flagrantes. Cada um é responsável por apurar denúncias e registrar as queixas de quatro cidades. “E não há policiais civis lotados nessas cidades, então a situação é caótica”, lamentou.

Greve

Mesmo com a greve que teve início dia 03 de abril, o delegado informou que os escrivães e agentes registram Boletins de Ocorrência (B.Os) referentes a latrocínio (roubo seguido de morte), estupro, homicídios e crimes contra idosos e crianças. Essa é uma orientação do Sindicato dos Policiais Civis do Piauí (SINPOLPI). “Nesses crimes que eu citei a orientação é para registro de B.Os, mas não estão sendo investigados”, declarou.

Como os delegados não estão em greve, Jonatas Brasil informou que eles promovem as diligências, contando em casos especiais com o apoio de alguns agentes para as situações mais urgentes. Destaca-se que os crimes de menor potencial ofensivo não são registrados de forma alguma.

 

Comentários

Nenhum comentario realizado para esta materia
 
  • Diretor Proprietário
    Edson de Sousa Costa
  • Repórteres
    Edson Costa
    Jailson Dias
    Marta Soares
  • Revisão
    Equipe
  • Departamento Comercial
    Edson Costa
  • Folhaatual.com.br - Rua Coelho Rodrigues, 403 - 2º Andar - Centro - Picos - Piauí - Fone: (89) 3422-6652